Deputado critica proposta de fundir órgãos ambientais

Categorias: Notícias

Governo federal criou comissão para estudar a fusão do ICMBio e do Ibama

O Ministério do Meio Ambiente publicou, na sexta-feira (02), a composição de um grupo de trabalho para estudar a fusão do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). O deputado federal Merlong Solano (PT) discursou sobre o assunto em sessão da Comissão da Câmara dos Deputados que discute as queimadas nos biomas brasileiros, da qual é membro titular.

“Vivemos situação de total adversidade em relação às pautas ambientais. Temos um ministro do Meio Ambiente que admite ter como missão ‘passar a boiada’. A fusão do Ibama e do ICMBio é uma boa alternativa ou faz parte da passagem da boiada? A sociedade precisa se mobilizar. Sabemos que o ICMBio tem uma missão específica, cuida de cerca de 350 unidades de conservação, enquanto o IBAMA tem outras atribuições muito bem definidas, como a de licenciar e principalmente fiscalizar”, disse Merlong.

O parlamentar também criticou a falta de envio das Forças Armadas para conter o fogo que já dizimou mais de dois milhões de hectares do Pantanal. Para Merlong, esse cenário marca a síntese dramática dos desafios ambientais no Brasil e, por isso, considera urgente a necessidade de envolver mais recursos humanos e materiais no combate às queimadas.

“A questão ambiental é uma urgência permanente e estratégica. Todo mundo que tem mais de 50 anos vê na sua própria vida as mudanças. Na minha infância, tomei banho nos lagos formados por poços jorrantes. Esses poços não existem mais na minha cidade natal, Inhuma, Valença, e nem em Pimenteiras. Nosso majestoso rio Parnaíba, com seus quase 1.400 km de extensão, está fortemente assoreado”, lamentou.

Merlong ainda chamou atenção para a necessidade de compatibilizar desenvolvimento econômico com inclusão social e sustentabilidade ambiental. A deputada Rosa Neide (PT/MT), presidente da Comissão que discute as queimadas nos biomas brasileiros, agradeceu ao parlamentar pelo trabalho que vem desempenhando junto à comissão.